Boas Práticas do Reino Unido de economia circular para a Construção Civil

por Susana Lucas
0 comentário

Um tema que muito me interessa, por isso foi analisar o Relatório de Economia Circular do UK Green Building Council.

O primeiro ponto-chave é a Reutilização, do existente, do que se pode reutilizar, de prever a sua reutilização, tanto no local como noutros. Considero mesmo que este é um dos aspetos que ainda podemos ter muito a melhorar para conseguirmos a reutilização dos materiais.

Depois temos a otimização do projeto para a longevidade, flexibilidade e adaptabilidade. Temos que ter materiais para as necessidades ao longo do tempo, não existir o descartar fácil. Tentar diminuir assim as emissões de CO2. Não esquecer de possibilitar a sua recuperação.

Uniformização e modulação dos edifícios. Tornar os edifícios os mais uniformes possível e modulares, permite que possa existir um maior reaproveitamento de materiais e reutilização em novos edifícios.

Estabelecer e promover uma estrutura de pagamento através da qual os clientes tenham acesso ilimitado aos recursos, mas paguem somente pelo que realmente é usado ou pelo resultado vinculado ao seu uso. Isso representa uma transição da venda de produtos para a venda de serviços.

Quaisquer novos materiais especificados no desenvolvimento são materiais de baixo impacto, com pouco ou nenhum efeito adverso sobre o meio ambiente ou sobre a saúde humana durante todo o seu ciclo de vida. Reconhecer e incentivar o uso de conteúdo reciclado e agregados secundários, reduzindo assim a necessidade por material virgem e otimizando a eficiência do material na construção. Assegure-se de que os locais de construção reduzem o desperdício no local, incluindo a embalagem.

Temas muito interessantes que vamos ter que começar a pensar fazendo!

 

Deixa um comentário

* Ao submeter este formulário, concordo com o armazenamento destes dados, para este efeito, por este website.

Artigos Relacionados

Este website utiliza cookies para melhorar a tua experiência de navegação. Ok Ler Mais