Capital Natural

por Susana Lucas
0 comentário

Talvez como sequência (ou não) do artigo de 2ª feira sobre Engenharia Natural que fiz na Engenharia e Construção, gostava de abordar o tema do Capital Natural.

A imagem tirei do site do CEBDS e considero desde logo bastante ilustrativa do que se está a abordar.

Assim o Capital Natural será o valor dos recursos naturais têm em relação a um produto ou serviço que as empresas comercializam.

No BCSD Portugal foram definidas 2 áreas de ação:

– Fomentar o desenvolvimento de projetos de valorização do capital natural.

– Melhorar a investigação e desenvolvimento nas atividades económicas do capital natural.

Pode à partida se considerar pouco abrangente o Capital Natural, mas podemos estar a falar de alimentos, água doce, madeira, polinização, regulação do clima, paisagem ou ciclo dos nutrientes… o que passa a ter uma elevada abrangência.

Apesar de Portugal ter uma dimensão pequena apresenta um capital natural bastante significativo no seu território e promotor de indústria. Por isso devemos ter uma perspetiva mais integrada dos nossos recursos e a sua utilização Sustentável.

Boa Gente têm exemplos, do que tem sido efetuado pelas empresas, para partilhar?

 

Deixa um comentário

* Ao submeter este formulário, concordo com o armazenamento destes dados, para este efeito, por este website.

Artigos Relacionados

Este website utiliza cookies para melhorar a tua experiência de navegação. Ok Ler Mais