Descoberta da consciência “Lixo Zero”

por Cristina
0 comentário

A tomada de consciência de algo tem sempre impacto na forma como pensamos.
Vivemos numa era onde nos é permitida uma tomada de consciência da pegada que deixamos no meio ambiente. Ou porque vamos vendo e sentindo o impacto daquilo que fazemos ou porque vamos sendo informados de uma forma em que tudo faz sentido.
Os diversos movimentos Lixo Zero são uma prova disso mesmo. São eventos, produtos, serviços, etc. nos quais participamos, colaboramos ou compramos.
Mas, como é medido o Lixo Zero? Já participei em eventos com este carimbo e a máquina de café é de cápsulas! Quando questiono sobre essa contribuição para o “Lixo Zero” a resposta é a mesma: “Nós enviamos para a reciclagem”. É verdade que é melhor do que ir diretamente para o lixo comum, mas a pegada disto é enorme! Hoje há muitas alterativas, a melhor é, sem dúvida, usar uma máquina tradicional, onde o único resíduo são as borras do café. Estas borras são um ótimo composto para as plantas. Para quem prefere o café em cápsula (ou porque tem uma máquina dessas e substituir eletrodomésticos não é a melhor forma de contribuir para a melhoria do nosso meio ambiente) existem várias cápsulas reutilizáveis disponíveis no mercado que pode ser uma opção – e não se esqueçam de usar as borras como composto.

Qual a pegada do vosso café?
——————————–/———————————

Cristina, o meu é mesmo Café das “velhas”!

Deixa um comentário

* Ao submeter este formulário, concordo com o armazenamento destes dados, para este efeito, por este website.

Artigos Relacionados

Este website utiliza cookies para melhorar a tua experiência de navegação. Ok Ler Mais