Desenvolver uma Candidatura, a financiamento e até ao fim!

por Susana Lucas
0 comentário

Ontem submeti uma candidatura de um projeto de investigação a financiamento, no caso à FCT. São concursos muito competitivos, talvez apenas um pouco menos que o Euromilhões… mas se não tentarmos ai é que o não é garantido!

Por isso aproveitamos a equipa que tínhamos efetuado outra candidatura e adicionamos reforços.

Sim, porque – na minha perspetiva – podemos sempre melhorar e se tivermos tempo para tal, tanto melhor!

O tempo é sempre curto, ou melhor, nós fazemos que o tempo seja curto, pois deixamos para o final… Mas tive uma experiência em janeiro onde foi montada uma candidatura ao H2020 em cerca de 1 mês, com mais de 15 parceiros e na minha perspetiva ficou excelente. Por isso é sempre importante “ir a jogo” não desistir (não é que não tenha passado pela minha cabeça…) e tentar sempre ter a equipa motivada, para contribuir. Termos diferentes perspetivas no desenvolvimento de uma candidatura é sempre fundamental para se efetuar uma simulação da visão do avaliador… pois não sabemos quem é, nem que perspetiva tem sobre a matéria.

Desta vez tivemos um grande apoio na Unidade de Apoio à Inovação do IPS que foi muito bom, além do excelente contributo de uma consultora, que permitiu existir uma visão mais global, bem como a definição de uma estratégia de escrita em cada campo do formulário.

Posso dizer que a ideia é muito boa, contudo sem todos os inputs que tive muito provavelmente não conseguia passar a mensagem. É muito bom trabalhar em equipa multidisciplinar, em especial nestes casos!

Agora vou começar outra!!!

Deixa um comentário

* Ao submeter este formulário, concordo com o armazenamento destes dados, para este efeito, por este website.

Artigos Relacionados

Este website utiliza cookies para melhorar a tua experiência de navegação. Ok Ler Mais