Engenharia e Inovação ao Serviço do Ambiente

por Cristina
0 comentário

O cientista peruano-japonês, Marino Morikawa, uniu a ciência e a engenharia em prol do meio ambiente. 

Usando a nanotecnologia, criou bombas e biofiltros capazes de despoluir o lago El Cascajo, no Peru, onde passou parte da sua infância.

Este lago foi sendo contaminado ao longo dos anos, tornando-se uma lixeira a céu aberto.

Sensibilizado pelo estado a que esta recordação da sua infância chegou, o cientista criou um dispositivo gerador de nanobolhas que capturam e eliminam as bactérias que estavam a contaminar a água. Desta forma, a matéria orgânica que consumia o oxigénio da água foi sendo reduzida, possibilitando o reaparecimento de peixes e aves, em apenas 7 meses. 

O sucesso deste projeto possibilitou notoriedade ao cientista e às potencialidades das nanobolhas utilizadas na descontaminação, tornando também possível, através de fundos comunitários e de voluntariado, a descontaminação do lago Titicaca e da lagoa Huacachina.

 ——————————————-/—————————————————–

Nesta semana a Cristina passou para a 6 feira, mas sempre com temas de muito interesse!

Deixa um comentário

* Ao submeter este formulário, concordo com o armazenamento destes dados, para este efeito, por este website.

Artigos Relacionados

Este website utiliza cookies para melhorar a tua experiência de navegação. Ok Ler Mais