O Estado não obriga as escolas a reciclar. Devia fazê-lo?

por Susana Lucas
0 comentário

Vi esta notícia, um dia destes no jornal Público, ou melhor o título e o subtítulo, que refere “em algumas escolas do país a separação é feita há mais de 20 anos, noutras faltam meios para se atingir esse fim. Ambientalistas defendem que é preciso criar um plano nacional.” Pois não sou assinante.

Contudo dado que o assunto me interessa e tenho o meu ponto de vista sobre o assunto, fiquei logo a refletir.

Reciclar? Porquê começar pelo fim da linha…

No meu ponto de vista deve-se implantar uma estratégia mais abrangente. Primeiro pensar no dito lixo com Recursos, ou seja, Repensar tanto no que temos como no que precisamos. Sim que por vezes passa apenas por Recusar o que na realidade não vai ser utilizado. Depois passa por Reduzir o consumo, continuo a considerar que ainda consumimos mais do que necessário. Depois Reutilizar, porque pode por vezes ser novamente utilizado ou utilizado noutro fim que não o inicial – a imaginação é o limite. E só no fim a Reciclagem do que não teve outro dos fins anteriormente referidos.

Não será assim?

Deixa um comentário

* Ao submeter este formulário, concordo com o armazenamento destes dados, para este efeito, por este website.

Artigos Relacionados

Este website utiliza cookies para melhorar a tua experiência de navegação. Ok Ler Mais