O fim das faturas em papel e o seu impacto ambiental

por Cristina
0 comentário

Desde o dia 1 de janeiro deixou de ser obrigatória a apresentação de faturas em papel. Numa sociedade tecnológica, na qual vivemos, era ainda estranho estarmos a receber um papel de cada vez que comprávamos qualquer coisa…

Com a aprovação do decreto-lei pretende-se promover as potencialidades do sistema e-fatura, para além do impacto ambiental que o mesmo possa ter. Fica a questão de qual terá sido a razão original.

De qualquer das formas penso que, enquanto consumidores, devemos incentivar estas medidas. Creio que dentro de muito pouco tempo olharemos para as faturas em papel com estranheza e como algo “do século passado”.

Mas afinal qual é o impacto ambiental das faturas em papel?
Estima-se que, se fosse eliminada a emissão de todas as faturas em papel, poderiam ser poupadas 281 mil árvores por ano!

Para além do papel em si, existe a tinta que é utilizada em algumas faturas. Proponho aprofundar a questão desta tinta e certamente a transição para a utilização de apenas faturas digitais será muito mais rápida.

Como têm recebido as vossas faturas?

Deixa um comentário

* Ao submeter este formulário, concordo com o armazenamento destes dados, para este efeito, por este website.

Artigos Relacionados

Este website utiliza cookies para melhorar a tua experiência de navegação. Ok Ler Mais