Pobreza energética e o frio…

por Susana Lucas
0 comentário

Já abordei este assunto em 27 de Fevereiro de 2019 cujo o título era: Portugal no 4º lugar de pobreza energética… ora bem quase 2 anos depois, e com um frio de racha que temos por cá, o tema continua na baila, pois estima-se que 2 milhões de portugueses têm ou estão com pobreza energética, pois não têm capacidade de ter mais de que um calorífero ligado em casa, pois equivale a cerca de 8€/dia de custo adicional de eletricidade.

Fico mesmo muito triste…

Porque ainda não temos medidas que ajudem mesmo as pessoas a promover uma melhor eficiência energética. E não me venham falar do programa do fundo ambiental de Sustentabilidade Energética (ou coisa parecida) porque neste temos que efetuar o investimento inicial antes de nos candidatarmos ao potencial beneficio, pois não é garantido… quem tem dificuldades em pagar um adicional de cerca de 240 €/mensais de fatura de eletricidade, pois na grande maioria de nós, é claro que custa, quanto mais efetuar investimentos de 10 vezes esse valor no mínimo para garantir condições de conforto ambiental, em especial no frio.

Com toda a certeza tem que ser um assunto a ser abordado, revisto e promovido, porque esta questão da pobreza energética, com toda a certeza está a afetar a saúde de todos nós e isso vai ter impacto direto no sistema nacional de saúde… acho que tem que se pensar nisso!

Deixa um comentário

* Ao submeter este formulário, concordo com o armazenamento destes dados, para este efeito, por este website.

Artigos Relacionados

Este website utiliza cookies para melhorar a tua experiência de navegação. Ok Ler Mais