Soluções para Construção Sustentável e Saudável 28 – MICROCLIMA NOS ESPAÇOS DO EDIFÍCIO

por Susana Lucas
0 comentário

Tendo como base os aspetos anteriores, com o ensombramento e exposição solar, como outras questões a ter em consideração, podemos e devemos potenciar o Microclima tanto nos espaços exteriores como nos interiores.

Claro que o microclima exterior vai influenciar o microclima interior. Por exemplo se tivermos uma zona exterior, junto a vãos, de intensa vegetação, vamos ter mais sombreamento interior, mas também podemos potenciar humidade e controle de temperatura, bem como purificação do ar antes de entrar no interior, estando assim tanto a abordar a SUSTENTABILIDADE como a SAÚDE e BEM-ESTAR.

Em termos de SAÚDE e BEM-ESTAR temos de ter sempre presente que as plantas devem estar em todas as divisórias, tanto para purificar o ar como minimizar campos eletromagnéticos. A estratégia de utilização das plantas podes nos melhorar o ambiente interior e existem plantas que podem estar em diferentes ambientes, até as que produzem oxigénio à noite! Não existe desculpas para não colocar plantas.

Assim quando se projetam ambientes exteriores ponderar o seu efeito no ambiente interior, por exemplo espelhos de água em climas quentes podem levar a um arrefecimento de superfícies e humidificação dos ambientes interiores. No caso de termos apenas microclimas interiores, ter em consideração o seu uso e necessidades térmicas e de humidade, por exemplo no quarto é preferível ter temperaturas na ordem dos 22º, do que superiores, bem como potenciar a melhoria da qualidade do ar interior!

Deixa um comentário

* Ao submeter este formulário, concordo com o armazenamento destes dados, para este efeito, por este website.

Artigos Relacionados

Este website utiliza cookies para melhorar a tua experiência de navegação. Ok Ler Mais