Vou de Sabática: os sins e o nãos

por Susana Lucas
0 comentário

Para a próxima semana estou a entrar no meu semestre de sabática, pela primeira vez ao fim de 12 anos de ensino superior.

Contudo no ensino superior a sabática não é para descansar completamente, mas sim para nos permitir ter um tempo mais dedicado à investigação. Aliás tive que efetuar uma proposta de plano de trabalhos para a minha instituição analisar e aprovar.

Realmente ter possibilidade de estar focada na investigação durante 6 meses vai ser ótimo. Além de ter sempre docência em cada semestre de pelo menos 3 unidades curriculares (UC) diferentes, só agora a partir de janeiro é que entrei em regime de exclusividade, o que levou anteriormente à necessidade de efetuar outros trabalhos e por isso a investigação ficou sempre para segundo plano.

Neste momento já estou a desenvolver 2 candidaturas a fundos diferentes, tendo estado igualmente na equipa de outra candidatura que foi submetida anteriormente. Esta é desde logo uma componente muito importante para conseguirmos efetuar investigação, ter financiamento para tal.

Em relação à docência, eu adoro dar aulas. Contudo considero que até por vezes se torna aborrecido quando estamos a lecionar as mesmas UC há alguns anos seguidos. O sair e voltar a entrar na UC com certeza vai permitir ter uma abordagem diferente (mesmo que o faça todos os anos), um refresh da visão das matérias.

Por tudo isto, espero conseguir além de desenvolver o plano de trabalhos previsto, ainda conseguir chegar a mais alguns temas e assuntos que gostava de investigar… Alguma dica?

Vou sempre dando novidades, claro!

Deixa um comentário

* Ao submeter este formulário, concordo com o armazenamento destes dados, para este efeito, por este website.

Artigos Relacionados

Este website utiliza cookies para melhorar a tua experiência de navegação. Ok Ler Mais