Jornadas de Trabalho

por Cristina
0 comentário

O mês de agosto marca a interrupção para férias na maioria das empresas em Portugal. Por isso, o final de julho é a época para preparar o regresso ao trabalho em setembro. Após mais de um ano e meio em teletrabalho (em alguns casos com idas ao escritório temporárias) a vacinação pode permitir um regresso gradual ao trabalho presencial ou misto. É por isso importante repensar o que nos trouxeram estes longos meses a trabalhar de forma diferente.

A Organização Mundial de Saúde tornou público um estudo que demonstra que dias de trabalho mais curtos podem salvar vidas. Nesse estudo é referido que longas jornadas de trabalho foram a causa de morte de 745 mil pessoas em 2016, representando um aumento de quase 30% face a 2000. Trabalhar mais de 55 horas por semana aumenta o risco de enfarte em 35% e em 17% de sofrer de doenças cardíacas, quando comparado com semanas de 35-40 horas de trabalho. A OMS refere ainda que 9% da população mundial trabalha acima do limiar das 55 horas semanais, tendo a pandemia aumentado este número. Deixa como recomendação que os governos, entidades empregadoras e trabalhadores devem, em conjunto, contribuir para contrariar esta tendência, criando Leis e regulamentos que limitem o número de horas de trabalho semanal, horários de trabalho flexível e partilha de tarefas.

 

Como será o vosso regresso ao trabalho presencial?

Deixa um comentário

* Ao submeter este formulário, concordo com o armazenamento destes dados, para este efeito, por este website.

Artigos Relacionados

Este website utiliza cookies para melhorar a tua experiência de navegação. Ok Ler Mais