REFORÇO DA CAPACIDADE DE I&D E DE INOVAÇÃO

por SEIbySus
0 comentário

Este critério (ANI) apresenta dois pontos de análise. Um relacionado com a participação de doutorados face ao número total de pessoas afetas ao projeto de I&D. Claro que será ainda mais relevante se os mesmos além de terem uma situação contratual estável, a mesma seja com as entidades empresariais. Pode igualmente ser analisado o nível de afetação de doutorados ao projeto, bem como a sua responsabilidade na sua gestão.

O outro aspeto está relacionado com o nível de nova contratação de grau igual ou superior a licenciatura. Aqui os doutorados contratados também são tidos em conta.

Existe um referencial cada vez mais determinante para a questão dos doutorados nas empresas. É considerado fundamental que existam doutorados no meio empresarial e que apresentem tanto uma estabilidade laboral, como um nível de envolvência determinante e responsabilidade na gestão dos projetos.

A avaliação é efetuada por contabilização de número de pessoas, com as especificações definidas de qualificação académica.

 

João & Susana

Referências

ANI. (s.d.). Ficha de Avaliação de Projeto.

 

Deixa um comentário

* Ao submeter este formulário, concordo com o armazenamento destes dados, para este efeito, por este website.

Artigos Relacionados

Este website utiliza cookies para melhorar a tua experiência de navegação. Ok Ler Mais